Marcas

Novos produtos

Curso de Preparação para o Parto

Curso de Preparação para o Parto

Porquê fazer um Curso de Preparação para o Parto?

A notícia do nascimento de um bebé traz muita alegria ao seio familiar, mas traz também uma série de dúvidas e receios sobre o que espera os pais na gravidez, no parto e no puerpério, sobretudo se estivermos a falar do primeiro filho.

Frequentar aulas de preparação para o parto devolve alguma tranquilidade aos pais, no sentido em que antecipa uma série de situações pelas quais estes irão passar. Dando toda a informação e ferramentas aos pais para lidar com essas situações, permite que os pais as encarem de uma forma mais preparada e confiante, permitindo ainda que não tenham de aprender por tentativa e erro.

O desmistificar de alguns receios é também um efeito importante da troca de impressões com a enfermeira especialista em saúde materna e obstetrícia, que irá elucidar os pais para uma visão mais realista e natural sobre todo o processo.

 

Quando deve começar?

A preparação para o parto deve iniciar-se após as 24 semanas. Caso pretenda iniciar antes, certifique-se que será após a ecografia morfológica. Existem ainda cursos intensivos, para quem por algum motivo adiou a decisão de iniciar o curso e acabou por não ter tempo para frequentar as sessões do curso normal, que é feito de uma forma mais gradual.

 

O que vai aprender?

Existem vários temas que podem ser abordados num curso de preparação para o parto. Os temas de maior interesse para os casais são, normalmente, os seguintes:

- O parto

- A amamentação

- Os cuidados do recém-nascido

Estes temas são muito vastos e abrangem a maioria da informação prestada aos pais, no entanto, existem outros temas de interesse que também são abordados ao longo das sessões.

Caso haja indecisão sobre o local onde frequentar as aulas, pode solicitar o programa do curso às diversas entidades, de forma a selecionar o que apresentar as temáticas mais interessantes para si.

 

O pai tem de frequentar as sessões?

A presença da mãe nas sessões é essencial. Afinal é ela que irá ter o papel mais activo na gestação, nascimento e alimentação do bebé. Mesmo os cuidados do bebé são prestados pela mãe com maior frequência, uma vez que é comum serem as mães a gozar a maior parte da licença parental. Não obstante, é extremamente importante que o pai frequente as sessões de preparação para o parto, não só para compreender vários fenómenos aos quais vai assistir, mas também porque terá um papel muito activo em todas as fases.

Alguns dos seus importantes papéis são:

- Auxiliar a grávida quando necessário, sobretudo no 3º trimestre de gravidez, em matéria de mobilidade e alívio de desconfortos

- Auxiliar a mãe no trabalho de parto e período expulsivo, os grandes momentos em que o trabalho de equipa é fundamental

- Cuidar do bebé, que é uma forma natural de criar laços e manter um forte vínculo parental

 

Comece desde já a procurar o curso de preparação para o parto que vai frequentar e viva uma gravidez em pleno!

Artigos relacionados:

Deixar uma resposta

Todos os campos são obrigatórios

Nome:
Email: (Não publicado)
Comentário:
Escreva o código